Atenção. Seu browser não suporta JavaScript!
Acompanhe ao Vivo
Cidadania Web Mail Intranet

Notícias

30/06/2020 - 17:57:00

Vereadores acompanham investigação sobre auxílios emergenciais recebidos por agentes públicos

email
1
O Corregedor-Geral do Município de Londrina, Alexandre Trannin, participou da sessão ordinária remota desta terça-feira (30), a convite do vereador Professor Rony (PTB), por meio do requerimento nº 80/2020. Trannin falou sobre as investigações de supostas irregularidades no recebimento do auxílio emergencial do Governo Federal por agentes públicos municipais.

O trabalho partiu de levantamento do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) que apontou que receberam o auxílio emergencial 259 pessoas com vínculo com o serviço público municipal em Londrina, o que inclui servidores, estagiários, terceirizados, aposentados, pensionistas, entre outros. O corregedor afirmou que, do total, 169 pessoas receberam o benefício de forma involuntária, pois estavam inscritas anteriormente em programas assistenciais do Governo Federal.

Os beneficiários estão sendo notificados para que providenciem a devolução do dinheiro ou justifiquem que tinham direito ao recebimento. Até o dia 26 de junho, 54 pessoas haviam devolvido os valores, num total de aproximadamente R$ 60 mil. Outras 13 pessoas justificaram o recebimento do auxílio, pois conforme o corregedor, são estagiários que já haviam encerrado o vínculo com o Município quando receberam o benefício ou pessoas que se inscreveram e, posteriormente, foram contratadas como terceirizados. "São situações sui generis, que precisam ser tratadas de forma particular, e que não dependem de nós, porque não somos gestores destes recursos. Nós dependemos do Ministério da Cidadania. Para isso, nós fazemos uma contestação junto ao ministério para que ele expeça uma guia de devolução de uma única parcela, porque a outra o beneficiário fazia jus", afirmou Alexandre Trannin.

O vereador Professor Rony (PTB) criticou o vazamento da lista do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) de benefícios recebidos supostamente com irregularidades, contendo nomes e CPF dos envolvidos. Rony pontuou que, em alguns casos, ficou comprovado que os beneficiários tinham direito a receber os valores. "A maneira como isso veio a público, ela é desonesta e injusta, porque a imagem que foi passada por um setor da imprensa para a sociedade londrinense é de que muitos servidores públicos receberam indevidamente recursos que estavam destinados para pessoas que de fato precisavam. [...] Há caso de pessoas que teriam direito até por conta da renda familiar. Acho que, neste momento, a separação com equidade entre o joio e o trigo é importante", destacou.

CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA ASCOM JORNALISMO Funcionamento: 13h às 19h. E-mail: imprensa@cml.pr.gov.br Redação Vinicius Frigeri MTB 7.792PR

Galeria de Imagens

Enviar Notícia

Brasão da Câmara Municipal de Londrina
CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA
Rua Gov. Parigot de Souza, 145
Caiçaras Londrina / PR - 86015-903
PABX
(43) 3374-1300