Atenção. Seu browser não suporta JavaScript!
Acompanhe ao Vivo
Boletins Web Mail Intranet

Notícias

09/09/2019 - 14:21:00

Setembro Amarelo começa com cerimônia na Câmara

email
1
Assunto complexo e que tem merecido cada vez mais atenção, a prevenção ao suicídio foi tema de cerimônia realizada na última quinta-feira (5) na Câmara Municipal de Londrina, durante a sessão ordinária, para o lançamento do mês Setembro Amarelo. A campanha é realizada há dois anos no município, desde a sanção da lei nº 12.506/2017, de autoria do vereador Amauri Cardoso (PSDB), que tem entre seus objetivos conscientizar e mobilizar a sociedade para o problema. Este foi o mês escolhido porque 10 de setembro foi instituído em 2003 como o Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial da Saúde (OMS).


Para o porta-voz do Centro de Valorização da Vida (CVV) de Londrina, Aparecido Carlos Beltrame, o resultado da iniciativa pode ser comprovado pela maior disposição das pessoas em discutir o assunto. "De 2017 para cá, podemos dizer que houve um crescimento de 100% no interesse pelo tema. É muito importante levarmos esta discussão para o maior número possível de pessoas", afirmou Beltrame, lembrando que no Brasil são registradas cerca de 850 tentativas de suicídio por dia.

Segundo dados do site oficial da campanha (www.setembroamarelo.com), todos os anos o País registra cerca de 12 mil suicídios, enquanto os dados mundiais apontam para um milhão. "Hoje a faixa etária entre 12 e 29 anos é a que mais desperta atenção, porque vem registrando cada vez mais casos. Nove em cada 10 mortes poderiam ser evitadas com o atendimento adequado e com a divulgação dos serviços oferecidos", observou o porta-voz do CVV. O Centro funciona em todo o Brasil por meio do trabalho de voluntários que se dispõem a ouvir o outro, 24 horas por dia, pelo telefone 188.

Queda nos registros - Em Londrina, segundo dados apresentados pela preceptora da residência médica em Medicina de Família e Comunidade da Autarquia Municipal de Saúde, Beatriz Zampar, de janeiro a julho foram registrados 15 mortes por suicídio, sendo 11 homens e quatro mulheres. De acordo com a médica, porém, há uma queda nos números. Em 2017, primeiro ano da campanha de prevenção, foram registrados 44 casos, e em 2018, 27 casos. "Entre os mitos que envolvem o assunto estão os de que quem quer se matar não avisa e que, ao perguntar sobre suicídio, estamos induzindo a pessoa a isso", esclareceu Beatriz na cerimônia, que foi presidida pelo vice-presidente da Câmara, vereador Eduardo Tominaga (DEM).

Ao falar da importância da prevenção, o vereador Amauri Cardoso lembrou que leis que instituem campanhas como o mês Setembro Amarelo trazem a possibilidade de reflexão e atingem um grande número de pessoas, dando também visibilidade aos serviços disponíveis, inclusive por meio de palestras nas escolas. "É preciso que os serviços públicos ofereçam a assistência adequada. Por excelência, a escola é um espaço para detectar problemas que estão em vias de acontecer", defendeu o parlamentar, na presença da gerente regional da Secretaria Municipal de Educação, Tereza Canhadas; e da diretora de Serviços Complementares em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Claudia Denise Garcia, que representaram no evento, respectivamente, a secretária municipal de Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes, e o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado.

CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA ASCOM JORNALISMO Fones (43) 3374-1326 e 3374-1327 Fotografia DP Torrecillas Fotojornalismo

Galeria de Imagens

Enviar Notícia

Brasão da Câmara Municipal de Londrina
CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA
Rua Gov. Parigot de Souza, 145
Caiçaras Londrina / PR - 86015-903
PABX
(43) 3374-1300